Você está aqui: Entrada Notícias Rejeitada CEI sobre tramitação para venda de imóveis
Acções do Documento

Rejeitada CEI sobre tramitação para venda de imóveis

11/05/2017 - O vereador Dafé (foto) foi o autor do pedido, que recebeu 15 votos contrários

Por 15 votos contra um, o Legislativo de Birigui rejeitou pedido de abertura de CEI (Comissão Especial de Inquérito) para apurar denúncias de irregularidades supostamente praticadas pelo Executivo municipal na elaboração do projeto de lei que autoriza a venda de dois imóveis do município.

O pedido, protocolado no último dia 8 pelo vereador Benedito Dafé (PV) foi lido na íntegra durante a sessão ordinária da última terça-feira, 9, e colocado em votação.

Somente o vereador Cesinha Pantorotto (PTN) votou favorável à abertura das investigações. Dafé não teve direito a voto, por ser o denunciante, e todos os demais vereadores optaram pela rejeição do pedido.

 

Documentação

O denunciante alegava na justificativa do pedido de CEI possíveis fraudes cometidas na tramitação do projeto, aprovado pelos vereadores em sessão extraordinária no dia 25 de abril, que autorizou a venda do prédio onde funciona o almoxarifado da Prefeitura, um terreno de quatro mil metros quadrados, e uma área de terra de 45 mil metros quadrados, na rodovia Marechal Rondon com a estrada municipal BGI-249.

O vereador questionou na denúncia a documentação anexada ao projeto, que trazia avaliações feitas pelas imobiliárias sobre os valores dos imóveis.

Segundo Dafé, o prefeito Cristiano Salmeirão (PTB) teria anexado certidões vencidas e pagamentos com data anterior à efetivação do serviço de avaliação, além de falta de outros documentos.

Diante da votação contrária à investigação, o pedido foi arquivado. 
 

 

Amanda Reis
Assessoria de Imprensa - CMB

1º Biênio 2017-2018
Vereadores 17ª Legislatura
Sessões Gravadas
Ouvidoria Legislativa
Diário Oficial de Birigüi
WebMail
RH Online
 

Banners Banners Banners